Sugestões para composição

Formatos de Texto

Simples

  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <cite> <blockquote> <code> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd>

    Este site permite conteúdos HTML. Se é verdade que aprender todo o HTML pode ser difícil, aprender a usar um pequeno número de tags HTML básicas é muito fácil. Esta tabela dá exemplos de cada tag que está activa no site.

    Para informações adicionais consulte as especificações HTML do W3C ou use o seu motor de pesquisa preferido para encontrar outros sites que expliquem a linguagem HTML.

    Descrição da tagVocê IntroduzVocê Obtém
    Âncoras são usadas para criar ligações para outras páginas.<a href="http://icjp.pt">icjp</a>icjp
    Enfatizado<em>Enfatizado</em>Enfatizado
    Negrito<strong>Negrito</strong>Negrito
    Citado<cite>Citado</cite>Citado
    Citado em bloco<blockquote>Citado em bloco</blockquote>
    Citado em bloco
    Texto usado para exibir código de programação<code>Codificado</code>Codificado
    Lista não ordenada - use o <li> para iniciar cada item da lista<ul> <li>Primeiro item</li> <li>Segundo item</li> </ul>
    • Primeiro item
    • Segundo item
    Lista ordenada - use o <li> para iniciar cada item da lista<ol> <li>Primeiro item</li> <li>Segundo item</li> </ol>
    1. Primeiro item
    2. Segundo item
    Não existe ajuda para a tag li.
    Listas de definição são semelhantes a outras listas de HTML. <dl> inicia a lista de definição, <dt> inicia a definição do termo e <dd> inicia a definição da descrição.<dl> <dt>Primeiro termo</dt> <dd>Primeira definição</dd> <dt>Segundo termo</dt> <dd>Segunda definição</dd> </dl>
    Primeiro termo
    Primeira definição
    Segundo termo
    Segunda definição
    Não existe ajuda para a tag dt.
    Não existe ajuda para a tag dd.

    A maior parte dos caracteres pouco usuais podem ser introduzidos directamente sem quaisquer problemas.

    Se encontrar dificuldades, tente usar entidades de caracter HTML. Um exemplo habitual é o &amp; para o caracter "E" comercial. Para uma lista de todas as entidades consulte a página de entidades HTML. Alguns dos caracteres disponíveis incluem:

    Descrição do CaracterVocê IntroduzVocê Obtém
    "e" comercial&amp;&
    Maior que&gt;>
    Menor que&lt;<
    Aspas&quot;"
  • Endereços de páginas web e endereços de email são transformados automaticamente em ligações.

Plain text

  • Não são permitidas tags HTML.
  • Endereços de páginas web e endereços de email são transformados automaticamente em ligações.
  • Linhas e parágrafos são reconhecidos automaticamente. As tags de quebra de linha <br />, <p> parágrafo e </p> fechar parágrafo são inseridas automaticamente. Se os parágrafos não forem reconhecidos, adicione duas linhas em branco.

PHP code

  • Como utilizar código PHP personalizado

    Código PHP personalizado por ser introduzido em alguns dos tipos de conteúdo do site, incluindo entradas e blocos. Enquanto a utilização de código PHP numa entrada ou bloco é uma funcionalidade poderosa e flexível quando aproveitada por um utilizador com experiência em PHP, é um risco de segurança significativo e perigoso quando utilizado de forma imprópria. Mesmo um pequeno engano ao introduzir código PHP pode acidentalmente comprometer a segurança do seu site.

    Se não está familiarizado com PHP, SQL ou o Drupal, evite usar código PHP personalizado dentro de entradas. Fazer experiências com código PHP pode danificar a sua base de dados, o seu site ou comprometer de forma significativa a segurança do site.

    Notas:

    • Lembre-se de verificar cuidadosamente cada linha, para se certificar de que não existem erros de lógica ou de sintaxe antes de gravar.
    • As instruções devem ser correctamente terminadas com um ponto-e-vírgula.
    • Variáveis globais usada no seu código PHP retêm os seus valores após o seu código ser executado.
    • A opção register_globals do PHP está desligada. Se necessita de utilizar formulários, compreenda e utilize as funções na API de Formulários do Drupal.
    • Utilize uma instrução print ou return no seu código para exibir conteúdo.
    • Desenvolva e teste o seu código PHP à parte e utilize uma base de dados de teste antes de colocar o código num site de produção.
    • Pense em incluir o seu código PHP personalizado dentro de um módulo específico para o seu site, ou no ficheiro template.php em vez de o introduzir directamente numa entrada ou bloco.
    • Tenha em conta que a possibilidade de introduzir código PHP no conteúdo é fornecida pelo módulo PHP Filter. Se este módulo for desactivado ou eliminado, blocos e entradas com código PHP poderão exibir o código, em vez de o executar.

    Um exemplo básico: Criar um bloco de "Bem-vindo", que cumprimenta os visitantes com uma mensagem simples.

    • Adicionar um bloco personalizado ao seu site com o nome "Bem-vindo". Com o formato de texto definido como "Código PHP" (ou outro formato que suporte PHP), adicione o seguinte no corpo Bloco:

      print t('Bem-vindo visitante! Obrigado pela sua visita.');
      
    • Para mostra em alternativa o nome de um utilizador registado, utilize o seguinte código:

      global $user;
      if ($user->uid) {
        print t('Welcome @name! Thank you for visiting.', array('@name' => format_username($user)));
      }
      else {
        print t('Welcome visitor! Thank you for visiting.');
      }
      

    O site drupal.org oferece alguns excertos de PHP como exemplo, ou, com alguma experiência e conhecimento do sistema Drupal, pode criar o seu próprio código.